Tuesday, March 3, 2015

The Anti-Empire Report #137 - The Twilight Zone of the US State Department



English
Português
William Blum
William Blum
Official website of the author, historian, and U.S. foreign policy critic.
Website oficial do autor, historiador e crítico da política externa dos Estados Unidos.
The Anti-Empire Report #137
O Relatório Anti-Império No. 137
By William Blum – Published February 23rd, 2015
Por William Blum – Publicado em 23 de fevereiro de 2015
The Twilight Zone of the US State Department
A Zona Crepuscular do Departamento de Estado dos Estados Unidos
“You are traveling through another dimension, a dimension not only of sight and sound but of mind. A journey into a wondrous land whose boundaries are that of imagination. Your next stop … the Twilight Zone.” (American Television series, 1959-1965)
“Você está viajando através de outra dimensão, dimensão não apenas de visão e som mas de mente. Viagem numa terra esplêndida cujas fronteiras são as da imaginação. Sua próxima parada ... a Zona Crepuscular.” (série da televisão estadunidense, 1959-1965)
State Department Daily Press Briefing, February 13, 2015. Department Spokesperson Jen Psaki, questioned by Matthew Lee of The Associated Press. [3]
Reunião do Departamento de Estado com a Imprensa, 13 de fevereiro de 2015. Porta-Voz do Departamento Jen Psaki, respondendo a perguntas de Matthew Lee da Associated Press. [3]
Lee: President Maduro [of Venezuela] last night went on the air and said that they had arrested multiple people who were allegedly behind a coup that was backed by the United States. What is your response?
Lee: O presidente Maduro [da Venezuela] na noite passada foi ao ar e disse que havia prendido múltiplas pessoas que estariam por trás de golpe apoiado pelos Estados Unidos. Qual é sua resposta?
Psaki: These latest accusations, like all previous such accusations, are ludicrous. As a matter of longstanding policy, the United States does not support political transitions by non-constitutional means. Political transitions must be democratic, constitutional, peaceful, and legal. We have seen many times that the Venezuelan Government tries to distract from its own actions by blaming the United States or other members of the international community for events inside Venezuela. These efforts reflect a lack of seriousness on the part of the Venezuelan Government to deal with the grave situation it faces.
Psaki: Essas acusações mais recentes, como todas as acusações anteriores, são absurdas/ridículas. Como questão de política de há muito tempo, os Estados Unidos não dão apoio a transições políticas por meios não constitucionais. Transições políticas precisam ser democráticas, constitucionais, pacíficas, e legais. Já vimos muitas vezes que o governo venezuelano tenta desviar a atenção de suas próprias ações mediante culpar os Estados Unidos ou outros membros da comunidade internacional por eventos dentro da Venezuela. Esses esforços refletem falta de seriedade por parte do governo venezuelano no lidar com a grave situação que enfrenta.
Lee: Sorry. The US has – whoa, whoa, whoa – the US has a longstanding practice of not promoting – What did you say? How longstanding is that? I would – in particular in South and Latin America, that is not a longstanding practice.
Lee: Perdão. Os Estados Unidos têm - epa, epa, epa - prática, de longa data, de não promover - O que você disse? De quão longa data é isso? Eu diria - em particular no Sul e na América Latina, que não é prática de longa data.
Psaki: Well, my point here, Matt, without getting into history –
Psaki: Bem, o que estou tentando dizer aqui, Matt, sem entrar em história –
Lee: Not in this case.
Lee: Não neste caso.
Psaki: – is that we do not support, we have no involvement with, and these are ludicrous accusations.
Psaki: – é que não apoiamos, não temos envolvimento com, e essas acusações são absurdas/ridículas.
Lee: In this specific case.
Lee: Neste caso específico.
Psaki: Correct.
Psaki: Correto.
Lee: But if you go back not that long ago, during your lifetime, even – (laughter)
Lee: Se porém remontarmos a não muito tempo, durante seu tempo de vida, até – (risos)
Psaki: The last 21 years. (Laughter.)
Psaki: Os últimos 21 anos. (Risos.)
Lee: Well done. Touché. But I mean, does “longstanding” mean 10 years in this case? I mean, what is –
Lee: Muito bem. Touché. Mas quero dizer,  “de longa data” significa 10 anos neste caso? Quero dizer, o que é –
Psaki: Matt, my intention was to speak to the specific reports.
Psaki: Matt, minha intenção foi falar das notícias específicas.
Lee: I understand, but you said it’s a longstanding US practice, and I’m not so sure – it depends on what your definition of “longstanding” is.
Lee: Entendo, mas você disse que se trata de prática de longa data dos Estados Unidos, e eu não estou seguro disso - depende de qual seja sua definição de “longa data.”
Psaki: We will – okay.
Psaki: Fá-lo-emos - okay.
Lee: Recently in Kyiv, whatever we say about Ukraine, whatever, the change of government at the beginning of last year was unconstitutional, and you supported it. The constitution was –
Lee: Recentemente, em Kyiv, o que quer que digamos da Ucrânia, a mudança de governo ao início do ano passado foi inconstitucional, e vocês a apoiaram. A constituição –
Psaki: That is also ludicrous, I would say.
Psaki: Isso também é absurdo/ridículo, eu diria.
Lee: – not observed.
Lee: – não foi observada.
Psaki: That is not accurate, nor is it with the history of the facts that happened at the time.
Psaki: Isso não é exato, nem o é a história dos fatos que aconteceram à época.
Lee: The history of the facts. How was it constitutional?
Lee: A história dos fatos. Foi constitucional?
Psaki: Well, I don’t think I need to go through the history here, but since you gave me the opportunity –- as you know, the former leader of Ukraine left of his own accord.
Psaki: Bem, não creio que precisemos examinar a história em pormenor aqui mas, desde que você me deu a oportunidade –- como você sabe, o ex-líder da Ucrânia deixou o cargo sem ser forçado.
………………..
………………..
Leaving the Twilight Zone … The former Ukrainian leader ran for his life from those who had staged the coup, including a mob of vicious US-supported neo-Nazis.
Saindo da Zona Crespuscular … O ex-líder ucraniano teve de fugir para salvar a própria vida, daqueles que haviam organizado/implementado o golpe, inclusive turba de violentos e cruéis neonazistas apoiados pelos Estados Unidos.
If you know how to contact Ms. Psaki, tell her to have a look at my list of more than 50 governments the United States has attempted to overthrow since the end of the Second World War. None of the attempts were democratic, constitutional, peaceful, or legal; well, a few were non-violent. [4]
Se você souber como entrar em contato com a Sra. Psaki, peça-lhe para dar uma olhada em minha lista de mais de 50 governos que os Estados Unidos tentaram derrubar desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Nenhuma das tentativas foi democrática, constitucional, pacífica ou legal: bem, umas poucas não foram violentas. [4]

No comments:

Post a Comment